Tuesday, February 28, 2006

só as mães são felizes

Dia desses soube que "só as mães são felizes" é uma frase de Jack Kerouac. Eu sempre creditei à Cazuza. Living and learning.
A L&PM lança amanhã o Diários de Jack Kerouac numa edição convencional, o que faz o preço ser um pouco mais alto: R$49,00. Mas já entrou na minha wishlist.
Um trecho do livro que nos disponibilizaram:

Segunda-feira, 23 de agosto de 1948

Quanto a mim, a base da minha vida vai ser uma fazenda em algum lugar onde vou produzir parte de minha própria comida, e, se necessário, toda ela. Um dia não vou fazer coisa alguma além de sentar embaixo de uma árvore para ver minha lavoura crescer (depois do devido trabalho, claro) – e beber vinho caseiro, e escrever romances para edificar meu espírito, e brincar com meus filhos, e relaxar, e gozar a vida, e brincar, e assoar o nariz. Eu digo que eles não merecem nada além de desprezo por isso, e a próxima coisa, claro, eles todos estarão marchando para alguma guerra aniquiladora que seus líderes corruptos começarão para manter as aparências (decência e honra) e "fechar as contas". (...) Caguei para os russos, caguei para os americanos, caguei para todo mundo. Vou viver a vida do meu jeito "preguiçoso coisa ruim", é isso o que eu vou fazer.


[jack kerouac]

Dentre os lançamentos também temos um pocket-book do velho safado: Misto Quente.

Ainda nas novidades, dia 10 de março estréia Ask the Dust nos cinemas mundo afora. Espero que venha para Bijoux City também.
Inspirado em Pergunte ao Pó de John Fante, este filme do diretor Robert Towne nos apresenta agora rostos definidos para Arturo Bandini (Colin Farrell) e Camilla Lopez (Salma Hayek). Mas como sou um cara que gosta dos que tem fome, dos que morrem de vontade, dos que secam de desejo, dos que ardem, quero mais é saber quem fará o papel de Sammy.
Como diz Clarah Averbuck: Nem Arturo, nem Camilla. Sammy.

O que já está nas telas, mas ainda não em Lixeira, é o indicado ao Oscar Capote. O amigo Biajoni já viu e escreveu um pouco sobre o filme e conta histórias da vida do jornalista/escritor em seu blog.
Agora vou tentar iniciar a leitura de A Sangue Frio. Na apresentação de Ivan Lessa, soube que Capote quando confrontado com On The Road de Kerouac, disparou: Isso não é escrever. Isso é bater à máquina.
Eu, hein?

Tenho bons registros deste feriado, mas um legal foi cantarolar Congênito com o grande PC.
Amanhã tudo volta ao normal, quarta-feira de cinzas, pergunte ao pó...

Comments:
sim, luciana pestano é a Tigra. Foi com ela que fizemos aquele show de Campinas que vc viu anunciar na tevê, Fabio. Estamos querendo fazer mais, começamos a nos encontrar pra armar...
um beijo,
luís.
 
Oi
 
L&PP, tinha esquecido dessa editora e fiquei curioso pelo " Arte de Escrever" (A.Schopenhauer).
Os teus textos estao cada vez mais ficando "elaborados". Nao sei se essa seja a palavra correta. Estao maduros, bons pra saborear. Acho que eh isso...gde abraço
 
L&PM..rs
 
Eu também estou de bom humor. É sexta!
 
Post a Comment



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?