Saturday, September 30, 2006

apesar de você

Li um pouco sobre alguns candidatos, também sobre a opinião de muita gente sobre as eleições e a importância do voto.
As pessoas mais politizadas que conheci na vida acreditavam no Lula, pessoas que sempre me puxaram um pouco mais para a chamada "realidade", já que eu era um adolescente politicamente alienado. Nos últimos anos perguntei para estas mesmas pessoas que me puxavam para a realidade o que achavam da atual política e só ouvi lamentações.
Voltei para a minha alienação deste mundo político.
Não encontrei um político em quem eu tivesse vontade de votar, não acredito em nenhum deles como já acreditei em John Lennon. Só vejo sujeira, gente podre. Não quero saber.
E, sim, vou votar em branco.
Pior, amanhã terei que trabalhar para os filhos das putas.

É isso, como apolítico sou considerado burro, besta, alienado, entre trocentos outros adjetivos um tanto negativos. Será que sou tudo isso mesmo? O fato de odiar discutir política me faz tão burro assim? Estou assinando a minha ignorância ao escrever estas palavras? Talvez. Ou não. Quando alguém provar que existe UM em quem eu possa confiar, dou meu braço a torcer.
Mas como disse Fred 04, "Não consigo separar o artista do cidadão. Desde o momento que se pega um jornal para ler até o momento que você deixa de ir a uma micareta do Chiclete Com Banana para ir ver o MQN em algum buraco, são escolhas políticas." Logo, pratico política, mas eu prefiro ficar com a arte.

Continuo acreditando que a ciência, a filosofia e a arte é que nos dão algumas soluções. Nunca vi político resolvendo a vida de ninguém.

Comments:
num sei tbm, mas se for o caso aproveito para assinar a minha declaracao de ignorancia/burrice aqui tambem, pois nao discuto politica, nao gosto de politica, nao sei bulhufas de politica e nao vou votar pq to aqui em london. inclusive aproveito pra dizer que chguei tah tudo beleza. e agradeco o post lindo que vc fez aih esses dias, comentei lah tbm, adorei. =)
 
eu também não sei votar, Fábio. Dessa vez, eu pensei: será que quando eu ficar velhinho vou estar votando com sabedoria?
tomara que sim, porque dessa vez eu coloquei tudo em branco, depois fiquei pensando se eu poderia ter anulado, se isso fazia alguma diferença... e tinha uma candidata ao senado que eu queria votar nela, então, levei o número, mas quando eu digitei apareceu outra pessoa e votei assim mesmo, foi um horror!
um beijo,
luís.
 
Post a Comment



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?