Sunday, February 25, 2007

como pintar um poema? por que compor um filme?

Luís Capucho estava com Mathilda Kóvak no carnaval e encontrou com Michel Melamed.
Ele descreveu aqui, assim:

Mathilda me levou pra ver o bloco dos cineastas na Gávea. Eu disse:
- Mas é um bloco de bichos-grilos, Mathilda! - então, veio vindo o Michel, que tem um programa no canal dois e que o Shiraga me sugeriu participar. Mathilda disse:
- Esse é o Luís Capucho! - e o Michel fez uma reverência e não disse nada, ficou me olhando. Então, no meio da batucada eu gritei para o Michel:
- O Shiraga disse pra eu entrar em contato contigo pra tentar o seu programa!
- Ta feito, qual é o seu contato? - e eu dei meu telefone.
Depois, Mathilda me levou pra comer comida japonesa.


O lançamento do Rato, seu segundo livro, está se aproximando, assim como se aproxima o reencontro dele com Pedro.
Aguardo ansioso por uma aparição de Capucho no Re[corte] Cultural.
E espero ter boas novas sobre uma apresentação dele aqui pelo interior Paulista também.

Comments:
não sei de nada disso pq tô aqui longe, mas tbm torço para que tudo dê é muito certo para todos aí.
então faça o favor de torcer de volta tbm. =)
 
que lindo, Shiraga!
pena que eu não saiba inglês, sabia?
devo estar aí pertinho no final de semana do dia 10 de março...podíamos combinar algo...
um beijo,
luís.
 
posso fazer um comentário inutil?
Acho o Melamed um pão! Risos.
 
Post a Comment



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?